dezembro 27, 2010

se eu fizesse? (XIV)

Ivone:
- Olha, minha amiga, estás num beco sem saída.
A única coisa que te posso dizer, mas que em nada te ajudará, é que Deus dá nozes a quem não tem dentes. Aiii... porque não tenho eu um D. Juan como este?
Cláudia:
- Ivone... tu sabes o que estás para aí a dizer?
Queres dizer que se isto estivesse a acontecer contigo, andavas para aí toda excitada agarradinha aos papéis, a contar a toda a gente, aos pulos feita uma doida, toda cheia de amores, sem sequer te preocupares, um pouco, que seja?
Quanto mais não fosse, para saberes quem era o "D. Juan"?
Ivone:
- Cláudia, e tu vais-me dizer que isto não mexe nada contigo?
Que estas declarações de amor valem tanto para ti, ou menos, que os papéis a que estás agarrada, todos os dias, no trabalho?
Cláudia:
- Ivone, mexe, mexe mas com um sentir diferente do que tu estás para aí a fantasiar, e mais, já agora, esses papéis, aqueles a que estou agarrada todos os dias no...
Ivone:
- Minha querida, não digas mais. Blá...blá...blá... já sei, vais dizer que é graças a eles que tens dinheirinho ao fim do mês? É, tens razão...os outros não são nada.
Cláudia, não sejas parvinha. Eu também sou mulher, sei o que se sente. Olha, "os papéis", como lhes chamas, uns dão-te o dinheirinho, e estes? Cala-te, porque a mim... estes, causam-me um formigueiro no corpo, e não me são dirigidos.
Cláudia:
- Estás de todo. Definitivamente, se fosse contigo, andavas na boa e não te preocupavas em saber quem era? Recebias as declar...
Ivone:
- Amiga, e tu a dares-lhe. Quem quer que seja, mais dia menos dia, ou não resiste e apareçe ou, sem querer, vai ser denunciado, descai-se. Até lá, minha abençoada mal agradecida, huumm...vai lendo e sentindo. Entra na fantasia, como dizes que faço.
Olha...veio-me uma ideia. Cláudia, ouve isto: Porque não alinhas, de mansinho, arranjas uma maneira, sei lá, um sítio secreto, só teu e dele, e vais respondendo aos "papelinhos"? Tipo caixinha de correio...?
Cláudia:
- Ivone??? Tu sabes o que estás a dizer? Tens a mínima noção do que isso representa?
Tu não podes estar boa da cabeça. Achas que eu sou alguma doidivanas? Que alinho em qualquer converse-ta, assim, sem conhecer a pessoa, e mesmo que conheça, é logo andar "prá- frente" e pronto, vam...
Ivone:
- Cláudia, cala-te e olha esta. Começavas assim, agora...jááá. Alicia-o, respondendo, e vê como ele reage. Enquanto para aí falavas, que nem te liguei nenhuma, "trabalhei" para ti... lê.
.
Não sei quem possas ser,
por outro lado... já és "um Sol nascer".
Os teus raios me impedem de ver,
e o meu corpo começa a ceder.
Quem me toca, o que me faz ferver?
O que está a acontecer?
Quem és, e o que me queres fazer?
.
Gostastes... que dizes? Com esta era como se...se... olha, era como se pegasses nesta pedra e lhe...
Cláudia:
- Quietaaa... e dá-me a minha "pedrinha...".
.

dezembro 22, 2010

.
.